sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Seminário Final PNAIC 2015

Na segunda-feira, 30, mais de 140 profissionais da educação de oito municípios das Secretarias de Desenvolvimento Regional de Campos Novos e Videira participaram do Seminário final do Pacto Nacional de Alfabetização na Idade Certa (Pnaic), organizado pela SDR Campos Novos, através da Gered, em parceira com as secretarias municipais de educação dos municípios de Abdon Batista, Brunópólis, Celso Ramos, Ibiam, Monte Carlo, Tangará, Vargem e Zortéa.

O evento aconteceu no auditório da Fundação Cultural de Campos Novos e contou com a participação da coordenadora do Pnaic no polo 3 e representante da UFSC, Clara Behvian que falou da necessidade do envolvimento dos professores no processo de formação continuada e de como o Pnaic gerou avanços neste três anos de atuação. “O Pnaic iniciou transformações na escola, principalmente num momento onde o aluno não recebe mais saberes prontos como há anos atrás. Hoje ele é o sujeito do saber e os professores precisam identificar e estimular os seus saberesfazeres.”, disse.

Além da coordenadora do Pnaic, a orientadora de estudos do Programa, do município de São José do Cerrito, Maria Iolanda Demeneck, também palestrou aos presentes. Outras apresentações dos municípios participantes, como contação de histórias, danças e músicas também abrilhantaram o dia de confraternização e troca de experiências.

Segundo a orientadora de ensino do Programa na SDR Campos Novos, Jozelene Delavi, o encontro foi além de proveitoso, importante para o fechamento deste ciclo deste terceiro ano de trabalho do Programa frente à educação. “O Seminário é um momento de reflexão dos saberes que são construídos ao longo dos anos de trabalho frente a este programa que modificou a realidade educacional no ensino fundamental. O Pnaic foi um divisor de águas para nossos professores, escolas e alunos”, disse.

Fonte do Texto:
http://www.sdrs.sc.gov.br/sdrcamposnovos 







Eleição dos Planos de Gestão Escolar

Aberta a votação de pais ou responsáveis, alunos e professores e servidores das unidades escolares da rede estadual, a escolha dos Planos de Gestão Escolar da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Campos Novos contou com a participação de 5756 votantes dos 8754 aptos a votar. Isso significa dizer que 66% dos pais, alunos e professores aderiu a escolha.

Dentre os segmentos, os professores e servidores foram os que compareceram de forma mais assídua nas unidades escolares da SDR Campos Novos, sendo que 85% fez a sua escolha. Entre os alunos, 79% votaram para a escolha dos Planos de Gestão, e apenas 48% dos pais ou responsáveis participaram do processo.

Dentre as unidades escolares da 8ª Regional, o Ceja foi a que teve a aprovação do Plano de Gestão da professora Sirlene Rayzer feita com maior índice, por 96% dos votos possíveis. A EEB Coronel Gasparino Zorzi, de Campos Novos teve o Plano de Gestão da atual diretora da escola, Solange Togni escolhido por 92% dos votantes, e a EEF Rafael Dal Pai, de Campos Novos, escolheu o Plano de Gestão da professora Raquel Foscarini com 90% dos votos possíveis.

Vale lembrar que nas três unidades escolares havia apenas um proponente. Entre as unidades escolares que tiveram disputa, o Plano de Gestão da EEB Professora Virgínia Paulina da Silva Gonçalves, de Monte Carlo, proposto pelo atual diretor da escola, Alexandre Dementovis, foi o que teve o maior índice de aceitação, com 89% dos votos possíveis. De acordo com a gerente de educação da SDR Campos Novos, Patrícia Tomazoni Pelentir a adesão dos votantes foi satisfatória, considerando que este foi o primeiro processo eletivo aberto aos Planos de Gestão Escolar.

“Penso que a comunidade escolar participou de forma ética e democrática deste processo que, por estar sendo implantado agora, sendo um processo novo gerou insegurança em algumas pessoas. Passamos por um momento importante, onde pais, alunos, professores e funcionários tiveram a chance de escolher que norte querem dar para a unidade escolar em que atuam.”, disse.

A eleição dos Planos de Gestão das unidades escolares da SDR Campos Novos que ocorreu na semana passada, transcorreu de forma tranquila, sem nenhuma ocorrência grave e que comprometesse o processo democrático. “Passamos pelo processo de forma tranquila, sem nenhum problema grave ou ocorrência que acabasse por desqualificar ou comprometer tanto os proponentes como o processo. Entendo que foi democrática e clara.”, avaliou Patrícia.

Fonte: 
http://www.sdrs.sc.gov.br/sdrcamposnovos/


terça-feira, 10 de novembro de 2015

Formação Continuada - Proposta Curricular 03/11








Escola do Legislativo

A formação política das crianças e dos jovens catarinenses é uma das premissas do Programa Conhecendo o Parlamento que materializa suas atividades através do Projeto Legislativo na Escola e do Projeto Escola Cidadã – Faça Parte desta Construção. O Projeto” Caravana da Educação para Cidadania” pretende otimizar a realização dos Projetos do Núcleo de Educação para a Cidadania interiorizando a execução dos mesmos.

Nos dias 28 e 29 de outubro uma equipe da escola do Legislativo esteve em Campos Novos e Monte Carlo com as Palestras A importância da participação do Jovem na política (Conscientizar os Jovens sobre a importância da participação na política; Conceito de Política enquanto ciência; Utilizar a mitologia grega para mostrar o “porquê” da participação do jovem no mundo atual) e A Constituição e Você (Conhecer a Carta Magna do Brasil; Históricos das Constituições Brasileiras; Quais os Direitos e Deveres mais importantes que norteiam a vida dos brasileiros; a Constituição Cidadã)


 



sexta-feira, 6 de novembro de 2015

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Curso de Capacitação

No dia 28 de outubro aconteceu o encerramento de mais um Curso de Capacitação Uso Pedagógico de apresentação de slides/digitais. Foram 13 cursistas concluintes que exploraram o aplicativo PREZI, elaboraram suas produções mediadas pelo uso das TDICs, refletiram sobre a cultura digital e a nova concepção de escola a partir das tecnologias. Agradecemos a colaboração dos Professores Orientadores da Sala de Tecnologia Educacional Tiago Pelissari e Cris Kemer Pandolpho Pasquali.







sexta-feira, 23 de outubro de 2015

III Seminário Internacional da Educação

      Nesta terça-feira, 20/10, a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), promoveu o III Seminário Internacional de Educação que reuniu especialistas da China, Estados Unidos e Finlândia, além de diretores de diversas entidades, professores e o presidente da FIESC.
     O Professor da Fundação Getúlio Vargas, Roberto Castello Branco, abordou assuntos sobre as mudanças na educação e economia para o ano de 2030. Rodrigo Pimentel do Google for Education falou sobre educação e inovação no futuro. Tiejun Gun, diretor do Confucios Institute (China), palestrou sobre a melhor educação considerada do mundo que fica em Xangai. James P. Ito Adler, presidente do Cambridge Institute for Brazilian Studies (CIBS), falou sobre as inovações recentes do "Vale do Silício", região da Califórnia, na qual está presente um conjunto de empresas direcionadas à geração de inovações científicas e tecnológicas. Especialistas da Finlândia que dirigem a capacitação de professores das entidades da FIESC, relataram suas experiências.
      No evento a FIESC assinou um termo de cooperação com o Google para o uso de aplicativos na categoria Google for Education. Também assinou parceria com uma Instituição voltada para o desenvolvimento de Tecnologias Educacionais, a MindLab, na qual dará aos estudantes acesso à uma plataforma digital chamada "Missão ao Universitário" dedicada para quem vai prestar vestibular e o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).
 
Fonte: InfoEscola

A GERED esteve representada no Evento.



 

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Formação Continuada

No dia 05 de Outubro teve início o Curso de Formação Continuada: Uso pedagógico de apresentações/slides digitais, com objetivo de refletir sobre a cultura digital e proporcionar aos professores novas possibilidades de utilização das tecnologias em suas práticas pedagógicas. Desenvolvido no Núcleo de Tecnologia Educacional, o curso tem carga horária de 20h e conta com a colaboração dos Professores Orientadores Tiago Pelissari e Cris Kemer Pandolpho Pasquali.



quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Calendário 2016

Nesta segunda-feira (05) estiveram reunidas na sede da 8ª Regional a gerente de educação Patríicia Tomazoni Pelentir e a coordenadora de educação municipal Elenice Fornara para definir o calendário letivo de 2016. Na reunião ainda houve a participação dos secretários de educação dos demais municípios que integram a SDR. A idéia é unificar o calendário visando uma melhor logística com o transporte escolar que são utilizados tanto por alunos da rede estadual quando municipal.


segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Reunião 2º professor

Nesta sexta-feira, 2, mais de 75 profissionais da educação, entre professores da educação especial, professores do serviço de atendimento educacional especializado – SAEDE e assistentes técnicos pedagógicos das unidades de ensino da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Campos Novos  participaram de um encontro de estudos voltado para a educação especial inclusiva.
 Na ocasião foram debatidos temas que passam pela rotina de trabalhos desses profissionais e os avanços e oportunidades que eles, em conjunto com a equipe escolar, dão aos alunos especiais que os professores orientam nas escolas. O encontro, que foi realizado no salão de atos da EEB Henrique Rupp Júnior de Campos Novos, contou com a presença da técnica responsável pela Educação Especial da Secretaria de Estado da Educação , Tânia Maria Fiorini Geremias.
Hoje nas 16 unidades de ensino da SDR Campos Novos existem 140 alunos assistidos por esses profissionais especializados em educação especial. Destes,  65 deles necessitam de segundo professor, outros 26 têm a ajuda de interpretes de Libras, três têm a sua disposição segundo professor bilíngue no período escolar e ainda 46 frequentam as salas do SAEDE. Nesse processo, são envolvidos 67 profissionais.
De acordo com a gerente de educação da SDR Campos Novos, Patrícia Tomazoni Pelentir, a educação especial inclusiva ainda é um processo que está em implementação. “Por isso, ele precisa ser amplamente debatido e discutido entre os profissionais da educação, para que cada vez mais as escolas estejam preparadas para atender a esses alunos e mais que isso, de incluí-los de forma integral, preparando-os para a vida e gerando autonomia”, disse.


Informações adicionais para a imprensa:
Camila Bebber Gomes
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Campos Novos




sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Caderno pedagógico sobre violências na escola

Governo do Estado lança caderno pedagógico sobre violências na escola

A Secretaria de Estado de Educação (SED) elaborou o 1º Caderno Pedagógico: reflexão para a implementação da Política de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento às Violências na Escola. O documento foi lançado nesta quinta-feira, 1° de outubro pelo secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, com a participação da secretária de Assistência Social e coordenadora da campanha Drogas. Não dá mais para aceitar, Angela Albino.

O caderno vem ao encontro do enfrentamento das diferentes violências, decorrente do uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas, preconceito, racismo, discriminação, homofobia, bullying, cyberbullying, depredação do patrimônio público, entre outras questões nos diferentes contextos sociais e educacionais.

De acordo com Deschamps, o principal objetivo é efetivar a implantação e/ou implementação da Política de Educação e Prevenção às Violências nas escolas, nos Núcleos de Educação, Prevenção às Violências na Escola (NEPREs) e nas Gerências Regionais de Educação (GEREDs). A política da Secretaria da Educação vem ao encontro das ações e propostas da campanha lançada pelo governador, Raimundo Colombo, Drogas. Não dá mais para aceitar. Também não podemos aceitar a violência nas escolas. O ambiente escolar não é apenas para trabalhar saberes. É preciso ampliar as discussões e envolver o todo. Queremos incentivar práticas pedagógicas de prevenção para a resolução não violenta dos conflitos e ao uso/abuso de drogas lícitas e ilícitas, contribuindo para a construção da cultura de paz, destaca.

Para a secretária de Assistência Social, é importante alinhar as ações em preparação aos profissionais da educação que atuam nas escolas. Todos devem estar preparados para falar com os alunos. A maioria dos usuários inicia na adolescência, por isso devemos trabalhar a prevenção, explica Angela.

O material produzido é um desdobramento da Política de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento às Violências na Escola realizado pela Secretaria de Estado da Educação e alinha-se as metas e estratégias do Plano Estadual de Educação decênio 2015-2024; as Diretrizes da Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina 2014; ao Plano Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas, elaborado a partir do Programa Federal Crak, é possível vencer; aos debates de educação e prevenção; e aos estudos e debates sobre direitos humanos.

O documento foi entregue aos diretores de escolas, gerentes Regionais de Educação e coordenadores dos Núcleos de Educação, Prevenção às Violências na Escola (NEPREs) de todo o Estado. O secretário Deschamps entregou a coordenadora estadual dos NEPRES, Rosimari Kock, dois importantes livros lançados em 2002 para serem atualizados. Este é um rico material que deve ser atualizado e que, com certeza, irá contribuir muito com as práticas de prevenção nas escolas, finaliza.

Em discussão
Para ampliar as discussões sobre o evento, antes do lançamento foi realizada a conferência Educação e Violências: interfaces com a Escola com a doutora em educação, Julia Siqueira da Rocha. O Ministério Público e as Secretarias de Assistência Social, Saúde, Segurança Pública e Educação estiveram reunidas na mesa redonda Fortalecendo a Intersetorialidade. O objetivo das discussões é dar visibilidade as ações desenvolvidas por cada um e alinhar as políticas de prevenção. Trabalhando integrados consiguiremos mais e mellhores resultados, comenta a coordenadora estadual dos NEPRES, Rosimari Kock.







Texto e fotos: Edinéia Rauta
Assessora de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação SC

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Reunião de Diretores

No dia 30 de setembro aconteceu a reunião com os Diretores das Unidades Escolares pertencentes à Gerência de Educação de Campos Novos. Na ocasião, foram repassadas informações sobre o calendário escolar para o ano letivo de 2016, matrículas, rematrículas e orientações sobre a organização das atividades nas escolas.


Movimento a Indústria pela Educação

    O Movimento A Indústria pela Educação, uma inciativa da FIESC, criado em 2012, entra em sua segunda fase de atuação, mantendo seu foco na Educação para o mundo do trabalho e seus desafios de assegurar que todos os trabalhadores da indústria catarinense tenham escolaridade básica completa até 2024 e educação profissional e tecnológica compatível a sua função.
    As ações previstas no horizonte 2015-2017 visam fortalecer a participação da indústria, do poder público e da iniciativa privada na superação da fragilidade da qualidade da educação nos aspectos relacionados à escolaridade, qualificação profissional e qualidade do ensino.
    No dia 29 de setembro, foi implantada a Câmara Regional Movimento A Indústria pela Educação, na qual a GERED está representada, e que tem por finalidade definir e deliberar sobre as ações de cada região, visando a superação dos desafios e metas.



segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Formação Pedagógica


DIA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PARA PROFESSORES DO
PROGRAMA ESTADUAL DE NOVAS OPORTUNIDADES DE APRENDIZAGEM - PENOA


     Lançado em 2013 pela Secretaria de Estado da Educação, mas implantado em nossa Regional em 2015, o Programa atende alunos dos Anos Iniciais, Anos Finais e 1o. Ano do Ensino Médio, os quais apresentem lacunas de conhecimento no processo de leitura, produção textual oral e escrita e cálculo.   O objetivo é garantir que o aluno consiga superar a defasagem de conteúdo e aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática. As aulas são oferecidas no contraturno, duas vezes por semana.
    Atualmente o PENOA – Programa Estadual de Novas Oportunidades de Aprendizagem está presente nas seguintes Unidades Escolares: EEB Paulo Blasi, EEB Henrique Rupp Junior, EEB Marino Pisani, EEB Nadir Becker, EEB Heriberto Hulse, EEB Pref. Augusto Carlos Stefanes e EEB Dep. Augusto Bresola.
   No exercício da formação continuada, a GERED-Gerência de Educação, através da Supervisão de Ensino, oportunizou no dia 24 de setembro, nas dependências da SDR, um dia de capacitação para os professores e responsáveis pelo Programa na escola.
    Aos professores das áreas de Pedagogia, Matemática e Língua Portuguesa foi oportunizado uma reflexão baseada na discussão e na elaboração de estratégias e métodos específicos para a missão de intervenções para a correção de defasagens nas áreas de cálculo, leitura e escrita, junto aos alunos.
     Com a contribuição das educadoras Maria Elizabete Rigo Lemos na área de Matemática, Jozelene Delavi de Souza na área de Alfabetização e Letramento e Clarice Durli no embasamento teórico e metodológico, o encontro mostrou-se muito consistente.
   Diante desta perspectiva, foram abordados conceitos fundamentais que devem ser explorados nas classes, com conteúdo fundamentado nos pressupostos teóricos e metodológicos da Proposta Curricular e das Diretrizes da Secretaria de Estado da Educação. O PENOA constitui-se como mais uma possibilidade de o estudante da Educação Básica lograr efetivo êxito em sua aprendizagem das habilidades de leitura, produção textual e cálculo e, consequentemente, com a consolidação dessas, lidar com o conhecimento nas diferentes áreas.